Tocando na realidade espiritual

  • Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

bosqueTodo sistema religioso tem suas listas de atividades que oferecem um caminho para tocar numa realidade espiritual mais profunda. A participação nestas atividades se torna a marca visível da sinceridade espiritual de cada pessoa que participa fielmente.  

Quem não participa da lista de todas as atividades da sua religião se abre para críticas e a acusação de não levar a sério a realidade espiritual do sistema religioso. Quem recusa participar da lista toda eventualmente será considerado menos espiritual e longe de conhecer a realidade espiritual. A pessoa sempre será olhada com pena ou com rejeição.

Uma vez que uma pessoa aceita uma lista de atividades como sendo o caminho da espiritualidade, ela se torna escrava de quem inventou a lista. O desejo sincero de tocar na realidade mais profunda de crenças religiosas faz parte de todo sistema que prega o seu caminho como sendo o caminho verdadeiro. A questão essencial é se a lista realmente nos leva a tocar na realidade espiritual mais profunda.

Jesus disse em João 14:6 que Ele é o caminho, a verdade e a vida e que ninguém vem ao Pai a não ser por Ele. Jesus é tudo que Deus exige de nós para alcançar a realidade espiritual. Sendo assim podemos dizer que "Jesus é tudo".
 
Se quisermos tocar na espiritualidade mais profunda que existe, temos que nos tornar escravos de Jesus e escravos de ninguém mais. Tocar na realidade da espiritualidade mais profunda é estar "em Cristo".

"Portanto, não permitam que ninguém os julgue pelo que vocês comem ou bebem, ou com relação a alguma festividade religiosa ou à celebração das luas novas ou dos dias de sábado. Estas coisas são sombras do que haveria de vir; a realidade, porém, encontra-se em Cristo." (Colossenses 2:16-17)


 

Pr. Carlos McCord