Não pratique o mal

AddThis Social Bookmark Button

ajuda ao proximoMuitos consideram que o médico grego Hipócrates foi o pai da medicina ocidental. Ele entendeu a importância dos seguintes princípios morais na prática da medicina e tem o crédito de ter escrito o juramento de Hipócrates, que ainda serve como guia ético para os médicos de hoje. Um conceito chave do juramento é "nunca causar dano". Isso sugere que um médico fará apenas o que ele acredita que beneficiará os seus pacientes.

O princípio de não causar dano estende-se aos nossos relacionamentos na vida diária. Na verdade, a benevolência é algo central no ensino do Novo Testamento sobre amar aos outros. Ao refletir sobre a lei de Deus, Paulo vê que o amor é o intento por trás de muitas ordenanças bíblicas: "O amor não pratica o mal contra o próximo; de sorte que o cumprimento da lei é o amor" (Romanos 13:10).

A cada dia que seguimos Jesus Cristo nosso Salvador, somos confrontados com escolhas que afetarão a vida de outros. Quando escolhemos uma atitude a tomar, deveríamos nos perguntar: "Isto reflete a preocupação de Cristo com outros, ou só estou preocupado comigo mesmo?" Tal sensibilidade demonstra o amor de Cristo que procura curar os feridos e ajudar aqueles que necessitam.

Preocupar-nos com fardos de outros nos ajuda a esquecermos os nossos.

 

Ministérios RBC