Fé não fingida

AddThis Social Bookmark Button

fe barrasO apóstolo Paulo ao escrever a Timóteo, faz um destaque sobre a fé não fingida que ele possuía [1 Timóteo 1:5]. Quando pensamos em fé não fingida precisamos definir estes termos. Fingir é simular, enganar, fantasiar, inventar.

Fé é definida pela Bíblia como o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem. Hebreus 11.1.
Em Hebreus 11.6, diz que sem fé é impossível agradar a Deus. Não há como enganar, como fantasiar, como teatralizar, ou temos fé ou não temos.

Como se obtêm fé? A fé vem pelo ouvir a palavra de Cristo. Quando ouvimos a palavra de Deus e entendemos que somos pecadores, tomamos a decisão de mudar de vida. Pedimos perdão de nossos pecados a Deus. O arrependimento e fé são necessários para se obter a vida eterna em Cristo. E fé não pode ser inventada, criada na imaginação humana. Não funciona. Podemos enganar muitas pessoas, só que não enganamos a Deus.

Deus conhece o nosso coração. Uma fé não fingida leva a pessoa a viver de modo que agrada a Deus. Quem possui fé, é uma pessoa que fez uma opção de viver em novidade de vida. Não há compatibilidade entre fé e pecado, não há como viver no pecado e falar que possui fé em Cristo. Aquele que possui uma fé não fingida tem nojo do pecado, não flerta com ele. Jesus afirmou que nem todos que diz Senhor, Senhor entrará no reino dos céus. Somente aquele que faz a vontade do Pai que está nos céus. Então, é necessário viver de acordo com a fé abraçada, ou temos ou não temos.

Pense nisso. 

 

Pr. Cleverson Pereira do Valle
1ª Igreja Batista em Artur Nogueira