Ele é suficiente

  • Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

pao da vida

"Então Jesus lhes declarou: Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede" (João 6:35).

No Antigo Testamento, Deus se apresenta a Moisés como sendo o Eu Sou, o Eterno, Aquele que Era, que É e sempre Será. 
Deus acima de todas as coisas. 
Jesus emprega as mesmas expressões para Si. 
Ele também se denomina como 'Eu Sou. O Eterno'. 
Jesus é Quem sustenta a nossa fome espiritual. 
Não há outro que possa suprir a necessidade espiritual da vida humana a não ser Jesus.

Ele nos afirma: "Eu Sou o Pão da vida", ou seja, Ele é Aquele que sacia eternamente a vida espiritual dos homens. 
Jesus continua sendo as respostas de nossas inquisições espirituais. 
Jesus é Aquele que pode encher o vazio de nossos corações. 
Em João 8:12, Jesus diz: "Eu Sou a Luz do mundo. Quem Me segue não andará nas trevas, pelo contrário, terá a luz da vida". 
Jesus é a Luz do mundo. 
Ele é Aquele que dissipa as trevas de nossas vidas.

Quando Sidarta Gautama, o Buda, estava para morrer, ele confidenciou a um de seus discípulos: "Eu morro à procura da luz". 
Quando Jesus surgiu no cenário da história humana, Ele não disse que estava procurando a luz. 
Ele disse: "Eu Sou a Luz do mundo".

Ele é Aquele que pode arrancar de nossas vidas a mais densa escuridão.
Ele pode arrancar de nossas vidas aquilo que, de fato, tem nos privado de desfrutar da Presença Divina. 
Jesus é a Vida, e é o Caminho a Deus.

 

Pr. Leandro Tarrataca