Duas opções

AddThis Social Bookmark Button

mar morto mar galileia"(Disse Jesus:) Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre" (João 7:38).

Israel recebe muita atenção da mídia internacional, majoritariamente por conta de seus conflitos fronteiriços. 
Mas, muito além de suas disputas territoriais, Israel goza de uma geografia muito interessante. 
Um dos grandes exemplos de sua diversidade são os dois corpos d’água que lá encontramos. 

Ao norte, o mar da Galiléia exala vida; segundo os especialistas, mais de 20 tipos de peixes podem ser encontrados lá, suas margens são verdes, frutíferas e por todas as direções há vida. 
Já ao norte de Israel encontra-se o conhecido mar Salgado ou mar Morto. 
Ele é chamado de mar Morto não porque pessoas morreram afogadas ali, mas porque, de modo impressionante, embora receba milhares de litros de água doce, ele continua tendo cerca de 30 gramas de sal por litro. 

Por conta da excessiva quantidade de sal e dos minerais, nada afunda. 
O mar salgado recebe o nome de mar Morto simplesmente porque não há vida nele ou ao redor dele. 

Esse contraste representa todos nós, seres humanos, alguns são otimistas e cheios de esperança quanto ao futuro e outros são amargos e desesperançados. 
Todos os dias devemos fazer a escolha de viver como mar da Galileia, cheios de vida ou como o mar Morto cercados por um triste tom de cinza.
Qual será sua escolha?

 

Pr. Leandro Tarrataca