Equívocos sobre a Salvação

crencas• Crença Errônea: "Deus nunca me aceitaria… Você não tem ideia do que eu fiz."
Crença Certa: O assunto não é o que você fez, mas o que Cristo fez por você. (1 Timóteo 1:15Isaías 1:18)
 

 

• Crença Errônea: "Não posso desistir dos meus pecados."
Crença Certa: O poder de Cristo em você é maior do que o poder do pecado. (João 8:36; Filipenses 4:13)

 

• Crença Errônea: "Eu quero me tornar cristão, mas não vou tomar esta decisão agora."
Crença Certa: Não tomar uma decisão é uma decisão - é uma decisão contra Cristo. (Mateus 12:30)

 

• Crença Errônea: "É tarde demais para mim."
Crença Certa: Nunca é tarde demais para um coração se humilhar diante de Deus. (2 Coríntios 6:2)

 

Versículos citados:

  • Esta afirmação é fiel e digna de toda aceitação: Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o pior. (1 Timóteo 1:15)
  • Venham, vamos refletir juntos, diz o Senhor. Embora os seus pecados sejam vermelhos como escarlate, eles se tornarão brancos como a neve; embora sejam rubros como púrpura, como a lã se tornarão. (Isaías 1:18)
  • Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres. (João 8:36)
  • Tudo posso naquele que me fortalece. (Filipenses 4:13)
  • Aquele que não está comigo, está contra mim; e aquele que comigo não ajunta, espalha. (Mateus 12:30)
  • Pois ele diz: "Eu o ouvi no tempo favorável e o socorri no dia da salvação". Digo-lhes que agora é o tempo favorável, agora é o dia da salvação! (2 Coríntios 6:2)

 

Esperança para o coração

Ressurreição e vida

ressurreicao e vidaA Palavra de Deus ensina que da mesma forma que Jesus ressuscitou dos mortos quem crer Nele ressuscitará também.
A imortalidade do corpo será o passo final da redenção completa que ocorrerá na segunda vinda de Jesus ao mundo.
"Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte" [do corpo], conforme 1 Coríntios 15.26.
E ainda, "Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem. Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo" (1 Coríntios 15. 21,22).

Jesus, Ele mesmo afirma em João 11.25: "Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá".
Jesus é Deus humanado. Ele concede vida eterna a todo aquele que Nele crer. Ele é a vida eterna. Sem Ele, não há vida.

Você tem a vida eterna em Cristo Jesus, tendo-o aceito como seu Salvador e Senhor? Ou você tem apenas existência eterna? Ou acha que nem existência eterna possui porque tudo acaba com a morte? E se você estiver errado? Onde passará a sua vida eterna?

 

Lincoln Oliveira
(PIBRJ)

Caminhos

caminhoA Escritura contrasta o caminho dos maus com a vereda dos justos: "Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito" (Provérbios 4.18).

Naquele reina a violência e a negridão subterrânea dos maus intentos; nesta habita a luz que esparrama sua luz, como os raios do sol que surgem nas encostas dos montes. 

A vereda dos justos não é apenas um caminho iluminado, mas um caminho cuja luz vai crescendo como a luz do sol até ser dia perfeito. A vida do justo vai sendo aperfeiçoada de glória em glória. O brilho da face de Cristo resplandece nele. O fulgor da glória de Deus irradia nele. O justo é filho da luz e luz do mundo. Ele anda na luz, suas obras são feitas na luz e todo o seu corpo é iluminado.

O justo não dá marcha ré em seu testemunho. Não vive ziguezagueando perdendo sua força em avanços e recuos. O justo caminha para frente, faz uma escalada para as alturas. Sua vida não se estaciona na região nebulosa do comodismo. O justo cresce no conhecimento e na graça. Avança para o alvo. Busca as coisas lá do alto, onde Cristo vive. Contempla o galardão. Aspira as coisas mais excelentes. Sua história começa na conversão, avança no processo da santificação, mas seu alvo é a glorificação, o dia perfeito.

Se a vereda dos justos é um caminho cheio de luz, o caminho dos perversos é uma estrada mergulhada em densas trevas. 

 

"O caminho dos perversos é como a escuridão; nem sabem eles em que tropeçam" (Provérbios 4.19).

A escuridão é ausência completa de luz. É lugar de cegueira. É território lôbrego de confusão. É cenário de medo e pavor. É estrada povoada por aqueles que não sabem aonde vão nem sabem em que tropeçam.

Se a luz é símbolo de conhecimento, a escuridão é o emblema da ignorância. Se a luz é símbolo de pureza, a escuridão é a evidência de sujeira. Se a luz é símbolo da santidade, a escuridão é sinal de iniquidade. Se a luz é símbolo do amor, a escuridão é prova de ódio.

O caminho dos perversos é como a escuridão: uma estrada marcada pela anti-vida. Uma vereda sulcada pelos buracos das desavenças. Uma senda onde as coisas mais vergonhosas se praticam sem qualquer pudor. Um trilho sinuoso que leva à morte.

Os perversos caminham de solavanco em solavanco. Caem aqui, tropeçam acolá e nem sabem em que tropeçam. Longe de fazerem uma caminhada ascendente rumo à glória, fazem uma descida vertiginosa rumo ao abismo.

Oh, caminho perigoso! Oh, caminhada inglória! Oh, triste destino! Só aqueles que amam a destruição continuam por esse caminho. Só aqueles que rejeitam a oferta da graça, preferem esse caminho. Só aqueles que se recusam a crer em Jesus, o novo e vivo caminho, permanecem nessa estrada de densas trevas.

 

Rev. Hernandes Dias Lopes