Cremos

AddThis Social Bookmark Button

            cremos● As escrituras sagradas do Velho Testamento e do Novo Testamento constituem a Palavra de Deus, sendo de inspiração verbal, infalível, como originalmente foi dada. Elas representam a suprema e final autoridade da fé e prática.

            ● Jesus Cristo foi concebido sobrenaturalmente pelo Espírito Santo, sendo Deus encarnado, nascido da virgem Maria, sendo Deus homem, que, viveu, ensinou e realizou obras miraculosas, prodígios e sinais. Em cumprimento das Escrituras, foi crucificado, ressuscitou em corpo, ascendeu aos céus e agora está assentado como nosso Sumo Sacerdote e nosso Advogado à destra de Deus Pai. Que a sua segunda vinda será pessoal, visível, pré-milênica e iminente, e tem dois aspectos:
1- Sua vinda (arrebatamento) para os salvos na era da igreja, antes da tribulação;
2- A Sua vinda com os santos depois da tribulação para estabelecer seu reino milenar sobre o Trono de Davi.

            ● O homem foi criado a imagem de Deus, mas pecou, incorrendo por isso na morte física e espiritual. Que todos os seres humanos são nascidos com uma natureza em pensamentos, atos e palavras pecaminosas.

            ● A salvação, justificação, santificação e a redenção são pela fé em Jesus Cristo, em virtude de seu sangue derramado para remissão dos pecados. Neste sangue vertido por Cristo há poder para libertar e curar o pecador da culpa e do medo, bem como do domínio de Satanás. Seu poder corta os laços do vício e do pecado (pecado conforme orientação da Bíblia Sagrada), purificando a consciência das obras mortas para servir ao Deus Vivo.

            ● O Espírito Santo é o agente Divino na criação, revelação e redenção. É ele quem convence o mundo da justiça, do pecado e do julgamento; que regenera, batiza, sela, unge, guia, ensina aos que creem no Senhor Jesus como Salvador pessoal, procurando conduzi-los a uma vida vitoriosa pela fé e obediência.

            ● A Igreja como um organismo é o Corpo e a Noiva de Cristo, e que Este é o Cabeça do Corpo; que os crentes regenerados da dispensação presente são os membros do Corpo de Cristo, representando a Igreja através de uma organização local na qual é uma comunidade de crentes batizados, reunidos com o propósito de levar avante os princípios e preceitos da Palavra de Deus e tem sido a ela confiada administração do batismo em água, por imersão, assim como a Ceia do Senhor; que a Divina Missão da Igreja é a de glorificar a Deus, ganhando almas para Cristo e edificando os crentes pelo Santo Ministério do Evangelho, sob a ação do Espírito Santo que pelos seus dons se revela no seio da Igreja de Cristo, sendo essa revelação prodigiosa na adversidade de suas operações. Todavia carece da serenidade de seu Autor Divino de plena submissão e da disciplina da Palavra de Deus escrita.

            ● Que os Anjos são seres celestiais, criados para glorificar a Deus e para servir aos herdeiros da salvação; que muitos se rebelaram contra Deus, sendo seu chefe Satanás, fonte de todo o mal, sendo ele um ser pessoal de grande astúcia, de vasto poder, a fim de ser, fielmente lançado no lago de fogo e enxofre, onde será atormentado dia e noite para todo sempre. Que haverá ressurreição pessoal de justos e injustos, sendo uma para gozo eterno e outra para o consciente sofrimento, vinculada para aqueles que perecem em pecados.

 

Operação Formiga